quarta-feira, 7 de março de 2018

Casa Fora de Casa promove sarau no Dia Internacional da Mulher

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, nesta quinta-feira (8), o projeto Casa Fora de Casa – Táticas Urbanas promove o Sarau das Minas. O evento, que incentiva talentos femininos na área da poesia, música e dança, será realizado na Oficina Cultural Gepetto das 19 às 21 horas, com entrada franca. O palco estará aberto a todas as mulheres – cis ou trans - que quiserem participar, enquanto os homens poderão participar como plateia.

Funcionando como um evento itinerante, o Sarau das Minas está em sua 14ª edição. À frente da iniciativa, a atriz Carol Schmid conta que a intenção é propiciar que as mulheres conquistem autoconfiança. “Muitas começam a escrever mais, a trabalhar mais com arte depois de participarem do sarau, ao verem que emocionaram a plateia. E, mesmo em outras áreas da vida, é possível levar esse aprendizado, de se impor mais, de mostrar mais sua opinião”.

Desde a primeira edição, em dezembro de 2016, mais de 100 participantes subiram ao palco, com faixa etária entre quatro e 92 anos, mostrando dança de rua, poemas, discussões a respeito de saúde, música clássica, rap, entre outras manifestações artísticas. “Um depoimento que me marcou foi: ‘não estou acostumada a ir aonde sou ouvida’. Isso representa muito, as mulheres são mais julgadas do que os homens, por isso que o sarau cresceu. Há uma sede por atenção, por visibilidade”, fala Carol.

SOBRE O CASA FORA DE CASA – TÁTICAS URBANAS
Depois de uma primeira edição de sucesso no Setor Sul, o projeto Casa Fora de Casa - Táticas Urbanas chegou ao Setor Pedro Ludovico. De 2 de março a 5 de maio, o bairro é palco de diversas atividades envolvendo, principalmente, moradores da região. A programação contempla encontros com a comunidade, mapeamento colaborativo das potencialidades e fragilidades do bairro, levantamento de ideias e propostas, execução de algumas delas por meio de oficinas artísticas e atividades culturais estimulando experiências de uso desses espaços.

Casa Fora de Casa Táticas Urbanas é idealizado pela urbanista e arquiteta Carol Farias e pelo comunicólogo português André Gonçalves, fundadores do estúdio Sobreurbana. O casal é o elo entre diferentes profissionais que desejam transformar a cidade através de laboratórios de arquitetura pública, comunicação e da promoção cultural. Para esta edição, o Setor Pedro Ludovico foi escolhido como foco por sua relevância histórica e geográfica na capital goianiense, sendo o 5º mais populoso da cidade, com quase 25 mil habitantes. No início da história da capital, o bairro foi, por muito tempo, destino de moradores que não dispunham de muitos recursos para se alojar no centro. Hoje, a forte especulação imobiliária provoca um processo de gentrificação no bairro.

“O Setor Pedro já foi um bairro onde as pessoas usufruíam mais dos seus espaços públicos. Hoje, isso está diminuindo: não só pela má condição das ruas, ausência de calçadas ou calçadas em mau estado, falta de bancos e outras amenidades, mas também pela questão da insegurança, da violência e do trânsito. Esperamos, ao fim, levar as pessoas a questionar esses problemas e a envolverem-se ativamente na busca de soluções, e assim contribuir para um bairro mais informado, tolerante, crítico e participativo”, acrescenta Carol.




Serviço:
Sarau das Minas
Quinta-feira, 8 de março -  das 19 às 21 horas.
Oficina Cultural Gepetto. Rua 1013, Qd.39, Lote 11, 467 - St. Pedro Ludovico
Entrada franca.

Casa Fora de Casa - Táticas
Urbanas / Viva Setor Pedro
De 2 de Março a 5 de Maio
Saiba mais pelo site www.casaforade.casa e pelas
redes sociais @casaforadecasa
Goiânia - GO