quarta-feira, 19 de abril de 2017

Acompanhamento oftalmológico no 1º ano de vida pode prevenir ambliopia

A doença, que consiste na diminuição da acuidade visual causada pelo baixo desenvolvimento da visão, pode causar cegueira irreversível
Acompanhar o desenvolvimento da visão em bebês é tarefa praticamente impossível para os pais e responsáveis sem a ajuda de um oftalmologista. Por isso, até o primeiro ano de vida a criança deve ser acompanhada de perto por um especialista para evitar que doenças como a ambliopia, diminuição da acuidade visual causada pelo baixo desenvolvimento da visão, provoque danos graves e cause até mesmo cegueira irreversível.


Segundo o oftalmologista da OftalmedJonathan Lake, o ideal é que o bebê passe por dois momentos dedicados à sua visão até completar um ano. “O primeiro deles ocorre logo após o nascimento, quando a criança deve ser submetida ao Teste do Reflexo Vermelho (TRV). Conhecido como Teste do Olhinho, o exame é realizado de forma rápida e indolor para identificar problemas como catarata e glaucoma, por exemplo”, explica.

“Depois disso, os pais ou responsáveis devem levar a criança para consultas ao especialista quando ela tiver entre seis meses e um ano de idade. A visão da criança se desenvolve e se estabelece nos seis primeiros anos e qualquer fator que prejudique esse desenvolvimento, como traumatismos, defeitos congênitos, estrabismos, infecções e inflamações pode levar à ambliopia”, acrescenta o médico.

A ambliopia é uma das causas mais comuns de cegueira em crianças e ocorre quando as conexões neuronais entre o olho e o cérebro, que somente acontecem por estímulo visual, não são realizadas corretamente. Para que seja revertida, a doença precisa ser identificada e tratada nos primeiros anos de vida.
“Após os seis anos de idade, a ocorrência de ligações entre o olho e o córtex visual é mais rara”, ressalta Jonathan Lake.

Em alguns casos, o uso de óculos é suficiente para corrigir a ambliopia. Em outros, pode ser necessária a utilização de um tapa-olho para estimular a criança a usar mais o olho afetado, por exemplo.
"Na Oftalmed, a nossa equipe de oftalmologia pediátrica está preparada para dar todo o tratamento e suporte a essas crianças", finaliza o especialista.

OFTALMED – Com 23 anos de tradição no Distrito Federal, a Clínica Oftalmed possui unidades na Asa Sul, Taguatinga e Águas Claras e realiza mais de 14 mil atendimentos mensais, entre consultas e exames clínicos. Além do atendimento clínico geral, a Oftalmed oferece atendimento especializado em catarata, refrativa, retina, glaucoma e cirurgia plástica.

Nenhum comentário: