quarta-feira, 29 de março de 2017

Obach

Abertura da temporada 2017
Lançada no fim de 2016, a OBACH (Orquestra Brasileira de Arte, Cultura e História), realiza concerto de abertura da temporada 2017 neste domingo 2, no Santuário Dom Bosco.

Formada a partir dos músicos integrantes da Toccata Produções e Locações, que tem a violinista Kathia Pinheiro (Kathia foi spalla da OSTCNCS por 20 anos), como fundadora, a OBACH surge com a proposta de resgatar a música erudita em sua forma o mais original possível, através da performance histórica. Há tempos que músicos da Toccata manifestavam interesse em se aprofundar na música antiga, então foi organizado uma orquestra de câmara com 14 instrumentistas que vem ensaiando desde julho.
"Me aposentei em 2016 depois de 36 anos de OSTNCS e, confesso, e fui grande entusiasta da criação da OBACH até paa continuar tocando em orquestra, algo que me realiza muito", declara Kathia, que lidera a orquestra ao lado de Airan D'Souza.

Para o repertório do concerto, a OBACH começará o programa com o Outono, das Quatro Estações, de Vivaldi.
"É uma forma de marcar a estação do ano em que estamos, e, até o fim da temporada, também tocaremos o Inverno e a Primavera". No repertório, a plateia ainda poderá apreciar o Concerto "Madrigalesco" RV 129 in Re minore, Concerto in Sol minore RV 157, Carl Philippe Emanuel Bach- Sinfonie nr. 3 e johan Sebastian Bach- Brandenburgische Konzerte nr. 3. “Buscamos resgatar a sonoridade Barroca, com direito a figurino especial. Nossa proposta é e nvolver a todos numa aura de encantamento, num convite a uma viagem a outras épocas”, completa a violinista.

A orquestra é composta por seis violinos, três violas, três violoncelos, um contra-baixo e um cravo. O diferencial, porém, vai além da execução da música antiga europeia com interpretação o mais fidedigna ao cenário de cada época.
“Nosso movimento busca o resgate do ambiente musical euro-brasileiro que tem perdido cada vez mais espaço, ficando fora dos holofotes e, consequentemente, distanciando-se do público. Investimos em um perfil internacional para trabalhar com as conexões culturais do Brasil com o continente europeu para enriquecer essa experiência”, explica a fund adora.


Kathia fala sobre a importância de a música erudita encontrar espaço no Santuário Dom Bosco, nesses tristes tempos em que o Teatro Nacional continua de portas fechadas.
"O Padre Augusto Bortoni é um grande apoiador e somos eternamente gratos a ele", afirma.

Os próximos concertos, que acontecerão até o fim do ano, com exceção de junho, serão sempre aos primeiros domingos do mês. O local será informado com antecedência.




Serviço:
Concerto de abertura OBACH-- temporada 2017
Santuário Dom Bosco (702 Sul)
11 de dezembro
16 horas
Entrada Franca

Nenhum comentário: