segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Vanessa da Mata volta a Brasília com show Delicadeza

Cantora apresenta sucessos da carreira em show intimista 
A voz inconfundível de Vanessa da Mata volta a ecoar na capital federal em janeiro. No próximo dia 20, a partir das 23h, a cantora e compositora traz o show Delicadeza para o Centro de Convenções Ulysses Guimarães.


A musa da nova geração da MPB se apresenta em formato especial e intimista, que rememora o início da carreira, – quando a artista subia ao palco munida apenas da própria voz e dois violões–, e que encantou fãs de cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza, por onde passou com a turnê.

Segue o som, lançado em 2014, é o sétimo álbum de Vanessa. O CD, gravado em estúdio, conta com 13 faixas e traz sucessos como Toda humanidade nasceu de uma mulher; Não sei dizer adeus; Por onde ando tenho você e Segue o som, que dá nome ao disco. Além das novas, o show de Brasília vem com repertório recheado das canções que a fizeram despontar, entre elas, Ai, ai, ai; Ainda bem; Vermelho; Boa sorte; Amado; e Ilegais.

Acompanhada somente dos músicos Danilo Andrade (piano) e Maurício Pacheco (violão e guitarra), Vanessa aproveita a ocasião para dar nova leitura a letras conhecidas de outros compositores que lhe servem como referência artística. “Tem algumas canções mais silenciosas que pedem uma introspecção. E nos shows que faço hoje em dia, em casas maiores, elas acabam sendo engolidas pelo barulho e, consequentemente, poucas pessoas ouvem seu recado. O show intimista me dá uma liberdade para experimentar e entrar nesse universo silencioso cada vez mais difícil", conta.

Sobre a artista
Com 13 anos de estrada, Vanessa da Mata ganhou reconhecimento nacional já a partir do primeiro disco, lançado em 2002, com músicas como Não me deixe só e a regravação de Nossa canção (Luiz Ayrão) – canção que acabou virando tema da novela global Celebridade, de 2003, e, mais recentemente, voltou a ser tema de A Regra do Jogo–. Desde então a mato-grossense não saiu mais das paradas nacionais.

Em 2008, Vanessa da Mata fatura o Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro, com Sim, além da indicação para Melhor Canção Brasileira com Acode. Em 2009 conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com Amado, e em 2011 é novamente indicada a maior premiação musical da América Latina com Bicicletas, bolos e outras alegrias, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro.

Já em 2013 a compositora dá uma pausa em seu trabalho autoral para uma turnê em homenagem a Tom Jobim. Com Vanessa da Mata canta Tom Jobim, a interprete reuniu milhares de fãs por shows que rodaram o País. Só na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, mais de 120 mil pessoas compareceram a uma única apresentação. Na última Virada Cultural, em São Paulo, foram quase 150 mil.

Segue o som e a canção que carrega o mesmo nome da turnê levaram a cantora novamente a ser indicada ao Grammy Latino nas categorias Melhor Álbum Contemporâneo Brasileiro e Melhor Canção Brasileira, em 2014.
Os ingressos já estão à venda nos pontos da bilheteria digital no Pátio Brasil, Liberty Mall, Brasília Shopping, Alameda Shopping ou Boulevard Shopping. Também podem ser adquiridos pelo site www.bilheteriadigital.com.br. Os valores, referentes à meia-entrada e sujeitos a alteração sem aviso prévio, variam entre R$ 60 (cadeira superior) e R$ 200 (cadeira VIP fã). 

Ingressos:
Cadeira superior: R$ 60.
Cadeira especial: R$ 100.
Cadeira VIP lateral: R$ 120.
Cadeira VIP: R$ 150.
Cadeira VIP fã: R$ 200.

*Valores referentes à meia-entrada e sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Pontos de vendas:
Bilheteria Digital – Patio Brasil, Liberty Mall, Brasília Shopping, Alameda Shopping e Boulevard Shopping.
Bilheteria Digital em até 12x nos cartões: www.bilheteriadigital.com.br.





Serviço:
Vanessa da Mata – Delicadeza.
Sábado, 20 de janeiro de 2017.
Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental).
Horário do show: 23h.
Abertura dos portões: 21h.
Informações: (61) 3342-2232.
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 16 anos.
Brasília - DF

Nenhum comentário: