terça-feira, 7 de junho de 2016

Quem é Oscar Martins e como surgiu a festa?

(Foto: Arquivo pessoal)

Nascido em Uberlândia, 
Oscar Martins cresceu na fazenda do pai, pecuarista e produtor de cana de açúcar, no município goiano de Quirinópolis, de cinquenta mil habitantes. Aos dez anos de idade, mudou-se com a mãe e a irmã para Goiânia com o objetivo de estudar.

De personalidade inquieta, típica de sagitariano, Oscar sempre deu trabalho no colégio. Aos 18 anos, fez intercâmbio de seis meses em Boston e Chicago. Na volta, lançou-se como candidato a vereador em Quirinópolis nas eleições de 2008, pelo DEM, deixando de ser eleito por menos de cinquenta votos.

Incerto sobre sua escolha no vestibular, prestou para Agronomia, Administração, Direito e até Engenharia. Por fim, formou-se em Direito, porém não exerceu.

Após as eleições, atuou na bolsa de valores e até abriu uma empresa de pré-moldados, sempre contando com o apoio financeiro do pai. Ainda em busca do sucesso, vendeu o próprio carro e montou uma factoring em Goiânia, encerrando-a meses mais tarde.

Diante do insucesso em sua vida profissional, retornou à Quirinópolis para prestar serviço de maquinário agrícola às usinas da região, mas uma crise que abalou o setor o levou a contabilizar mais uma falência.

Na esperança de encontrar algum produto inédito para lançar no Brasil, viajou à Feira do Cantão na China, sempre acreditando que teria sucesso. Ao não encontrar tal oportunidade, retornou ao Brasil. Teve os cartões de crédito cortados pelo pai e recebeu um ultimato: estudar para o Exame da Ordem ou trabalhar na fazenda.

Enquanto decidia entre as duas opções, em uma ida à São Paulo, apaixonou-se por uma cachaça e teve a ideia de fabricar algo semelhante no alambique da família, batizando-a de Cachaça Oscar. O projeto teve o apoio do pai até o momento em que decidiu fazer uma festa para lançar a bebida, porém, tomado pelo seu extinto megalomaníaco extrapolou os custos iniciais e promoveu um evento para quatro mil e duzentas pessoas ao invés de seiscentas, conforme havia combinado. A partir de então, Oscar estava sozinho, contando apenas com o apoio de alguns amigos.

Diante do sucesso do evento desde a sua primeira edição, que iniciou-se com o intuito de lançar a recém criada Cachaça, Oscar está, atualmente, engajado no ramo de entretenimento e, segundo ele, os planos estão apenas começando.


FESTA SÓ PARA CONVIDADOS VIP'S - Para alcançar com o máximo de precisão dos presentes e limitar a festa apenas para amigos, a Festa Óscar III desenvolveu uma plataforma em que apenas e-mails pré-selecionados por Oscar Martins recebessem uma autorização de compra de ingresso. Após a aquisição do convite, o convidado pôde compartilhar essa autorização de compra com mais dois amigos e assim sucessivamente.

O público estimado é de 2.500 pessoas, com alvo em mulheres e homens entre 22 e 30 anos. Com ingressos já esgotados, os estados brasileiros que mais compraram foram, respectivamente: São Paulo, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário: