segunda-feira, 16 de maio de 2016

Dia Mundial do Combate ao Glaucoma

Hospitais HOG e INOB realizam ações preventivas em shoppings da cidade
No dia 26 de maio comemora-se o Dia Nacional do Combate ao Glaucoma. Principal causa de cegueira irreversível no mundo, a doença oftalmológica, segundo dados da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, afeta mais de 900 mil brasileiros, podendo este número ser ainda maior, considerando a falta de controle público da doença.
Em homenagem à data, o Grupo INOB levará o projeto Olho Vivo à população. Na sexta 20, a ação acontecerá no Gama Shopping (das 10 horas às 16 hoas) e, na quarta 25, no Terraço Shopping (das 10 horas às 16 horas). Na ocasião, as equipes dos hospital HOG e INOB, que compõem o Grupo INOB, realizarão medição de pressão ocular e prestarão informação sobre o glaucoma, bem como outras doenças.
Inspirado no movimento mundial ‘’Visão 2020: O Direito de Ver’’, que tem como objetivo diminuir os índices de cegueira até 2020, o Grupo INOB desenvolveu o Programa Olho Vivo, que consiste na realização de ações gratuitas em ambientes comunitários, corporativos, órgãos públicos e empresas para incentivar a prevenção de doenças oculares e os cuidados apropriados com a visão.

Sobre o Glaucoma
Glaucoma é uma doença que destrói as células da retina e do nervo óptico.
Ter a pressão intraocular elevada é fator de risco para a doença, o que não significa que todos aqueles que apresentarem pressão intraocular alta vão desenvolver glaucoma.
 Se não tratado, o glaucoma pode levar ao dano permanente da retina, diminuindo o campo visual e podendo chegar à visão subnormal ou, até mesmo, à cegueira.

Em princípio, o glaucoma pode surgir em qualquer pessoa. Mas as estatísticas demonstram que alguns grupos têm maior tendência a desenvolver a doença. São elas pessoas de pele negra ou afrodescendentes, diabéticos, hipertensos, míopes e pacientes que usam determinadas medicações por muito tempo. Em caso de glaucoma na família, a atenção deve ser redobrada.


Infelizmente, não há como prevenir o glaucoma. A boa notícia é que pode-se detectar essa doença bem no início, em uma consulta com seu oftalmologista. 
Não há cura, mas o acompanhamento médico pode ajudar a manter o glaucoma sob controle. O tratamento é realizado com o uso de medicações para baixar a pressão intraocular. Em alguns casos, pode ser necessário realizar cirurgia.

Normalmente, o glaucoma não apresenta sintomas. Por isso é tão importante manter a rotina de exames, visitando sempre o oftalmologista. Mas em alguns casos e tipos de glaucoma, podemos haver quadro de dor ocular e embaçamento visual.





Serviço Grupo INOB:
INOB Brasília
SHLS 716 Centro Clínico Sul Torre II – Térreo (61) 3298-6060

HOG
Quadra 1 Conj G Lote 1 – Setor Sul
(61) 3298-6061

Nenhum comentário: