terça-feira, 19 de abril de 2016

Festa Surreal surpreende Brasília com estrutura e programação nunca vistas na cidade

No último sábado, 16 de abril, Brasília ganhou uma nova festa que ficará na memória dos baladeiros da cidade. O label SuRReal, nova aposta da R2 Produções, foi lançado em noite glamurosa e surpreendeu o público, que ocupou o estacionamento da Torre de TV Digital. O nome casou perfeitamente com a proposta e a Capital agora tem uma festa (literalmente) surreal pra chamar de sua.




Com início às 23h59, a balada foi uma sequência de surpresas e durou até o amanhecer. Eram mais de 9h quando as últimas pessoas se despediam, já com o sol brilhando. Com ambientação e inspiração estética no surrealismo e cenografia assinada por Andrei Hermuche, a balada surpreendia já na entrada. Na mega estrutura, dois elefantes de pernas gigantes recepcionavam o público. Durante todo o trajeto personagens interpretados por atores do projeto Posers Hottest Talent, e objetos prá lá de inusitados como bocas em chamas, mãos gigantes e quadros interagiam com as pessoas e confirmavam as expectativas para a noite surreal.





Na programação, o projeto M.O.N., formado por Mario Veloso e Pietra Bertolazzi, o trio MakeUSweat e os DJs Gui Reif & Dudu Sax, Rapha Fernandes, Matheus Hartmann e Ale Assumpção comandaram os pick-ups. Atração surpresa, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, sob regência de Claudio Cohen, causou frisson com hits contemporâneos como 'Baile de Favela", em apresentação paralela a um show de fogos de artifício.

Outra grande surpresa da noite foi a cantora 
Anitta, que subiu ao palco quase pela manhã para cantar os sucessos "Bang" e "Essa Mina é Louca". A funkeira ainda dançou e tirou fotos com o público.

A Surreal ainda apresentou um novo conceito em serviços: o Full Fucking Service. O buffet Volta ao Mundo foi assinado por Dudu Camargo e contou com pratos inusitados e coloridos. No bar, Absolut Elyx, Chivas 12, Red Bull, Stella Artois, Licor 43, Skol Spirits e Beefeater eram algumas das bebidas oferecidas. Além disso, serviços de manobrista, chapelaria, massagem oferecida pela Lord Perfumaria, entre outros, também estavam à disposição do público, sem custo adicional.





















A festa se encerrou com Brasília aos pés da Torre Digital, sob sol quente e deixando o desejo de mais noites surreais naquele espaço. Os baladeiros de todo o Brasil que vieram conferir a noite da R2 Produções, voltaram para suas casas muito satisfeitos, com vontade de repeteco.




Fotos: Paulo Cavera