sexta-feira, 29 de abril de 2016

Cinema em casa

Os amantes da sétima arte sonham em poder curtir um bom filme com a mesma qualidade das grandes salas de cinema. Comédia, romance, drama ou terror, o importante é que o espaço
seja digno de reunir amigos e familiares em um clima bem descontraído. Especialistas em interiores, arquitetos e designers de Brasília, destacam que a tecnologia atual já possibilita a realização desse sonho e que é essencial investir em pequenas soluções para garantir o sucesso da sessão e do espaço.

De acordo com a arquiteta 
Bárbara Paiva, a iluminação é apenas um dos elementos que merecem atenção especial. A profissional explica que as luzes devem ter foco indireto para não prejudicar a projeção na tela e que as soluções luminotécnicas interferem ainda na “valorização das escolhas decorativas do espaço”.

Outro ponto importante a ser observado, segundo Elon Pfeiffer Flores, do escritório brasiliense Arquitetura 1, é a importância de se conhecer as pessoas para quem você está projetando, pois isso irá determinar as características e estilos do espaço. Elon ressalta que “cada cliente, solteiro, casal ou família, tem seus hábitos e preferências, e são nestas informações que devemos nos debruçar para elaborar um projeto adequado que encante a cada um dos integrantes da casa”.

Segundo o empresário 
Arthur Otávio Córdova, proprietário da Arte em Cinema, empresa especializada em automação e integração de sistemas, “é necessário observar a técnica do espaço, para que ela envolva uma acústica eficiente”. Para o projeto, Athur indica “um espaço preferencialmente retangular, com distância maior entre a tela e o sofá”. Em ressalva, o jovem empreendedor aconselha que é importante evitar paredes paralelas e também o excesso de vidros ou superfícies reflexivas.

Nenhum comentário: