quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Programa Nacional de Combate ao Câncer da Pele

Adriano Loyola, dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira Regional Goiás

A exposição ao sol de forma inadequada pode trazer inúmeros prejuízos à saúde, além de ser responsável pelo câncer de maior incidência no Brasil, o câncer da pele. Preocupada com os números alarmantes da doença no país, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) criou, em 1999, o Programa Nacional de Controle do Câncer da Pele (PNCCP), que engloba diversas ações de combate à doença e leva aos brasileiros informação, diagnóstico e tratamento de qualidade, tudo gratuitamente.
 

Desde a implantação da Câncer da Pele, foram atendidas mais de 518 mil pessoas em todo o Brasil, sendo mais de 40 mil detectadas com a doença e encaminhadas para tratamento gratuito.

Em 2012, a SBD estabeleceu o Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele, que em 2015 será celebrado em 7 de novembro e atende anualmente mais de 30 mil pessoas. Na ocasião, médicos da SBD realizam o exame preventivo em pacientes com suspeita da doença em serviços de saúde distribuídos por todo o Brasil. Na ação, a SBD promove também a realização de palestras informativas, distribuição de folders e protetores solares.

GUINNESS
Em 2009, a SBD recebeu a certificação do Guinness World of Records por ter promovido, em 5 de dezembro daquele ano, a maior campanha médica do mundo realizada em um único dia, e a maior campanha mundial de prevenção ao câncer da pele, com mais de 34 mil atendimentos em diferentes regiões do Brasil. 

Dia C de Combate ao Câncer da Pele
A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realiza, a cada ano, no mês de novembro, o DIA C, Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele, para reforçar as ações da instituição contra a doença.

Neste ano, a maior campanha realizada por dermatologistas no mundo ocorrerá no dia 7 de novembro, em 121 postos de atendimento de 23 estados brasileiros e reunirá mais de três mil dermatologistas voluntários. Na ação, especialistas vão realizar consultas simultâneas para análise, diagnóstico e posterior tratamento da doença, das 9h às 15h, ininterruptamente, em hospitais públicos credenciados, postos de saúde e tendas montadas em pontos de grande circulação. Nos postos, também estão previstas atividades educativas, como aulas expositivas sobre fotoproteção e sobre como suspeitar do câncer da pele.

Desde a implementação do Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele, em 2012, já foram atendidas mais de 360 mil pessoas. A data faz parte das ações do Programa Nacional de Controle do Câncer da Pele (PNCCP), instituído pela entidade em 1999.

Em Goiânia o evento acontecerá no Hospital das Clínicas, no dia 7 de novembro, das 9:00 hs ás 15:00 hs.
--