quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Cromoterapia inspira a IV Mostra Atlas Colchões

Cores e sensações são exploradas na mostra promovida pela grife na cidade
Em sua quarta edição, a Mostra Atlas Colchões explora as sensações e emoções provocadas pela cromoterapia. A temática voltada aos benefícios das cores na saúde do sono foi utilizada para guiar os 17 profissionais participantes da exposição em seus 12 ambientes, que assinam espaços diferenciados, elegantes e cheios de significado em mais um evento realizado pela loja na cidade.



A mostra tem data marcada para o dia 17 de novembro, terça-feira, no CasaPark, em evento fechado para convidados. Entre os profissionais convidados estão: Carolina Nathair, Cybele Barbosa, Fátima Alvim, Gislaine Garonce, Renata Dutra, Roberto Carril, Susana Salles Brancaglion; as duplas Dora Lettieri e Giovanini Lettieri, Flávio Werneck e Glory Barreto, Flávia Amorim e Renata Melendez, Eduardo Sáinz e Lílian Glayna; e o trio do escritório MAAI Arquitetura, Mônica Pinto, Arnaldo Pinho e Isabel Veiga.

A empresária 
Cristiane Coelho, proprietária da empresa, acredita que a mostra organizada por ela seja um dos eventos que mais esclareça a população a respeito da saúde do sono. “Os profissionais apresentam não somente a ambientação dos espaços e a tecnologia dos colchões, mas também a importância na saúde a partir de um quarto arejado, iluminação adequada e o trabalho das cores – um conjunto de fatores que permite um sono restaurador”, explica.


Os ambientes da IV Mostra Atlas Colchões:

Vitrine - 1:1 Arquitetura (Eduardo Sáinz e Lílian Glayna)

A dupla Eduardo Sáinz e Lílian Glayna criou um espaço rabiscado em traços austeros e minimalistas, com elementos visuais selecionados especialmente para a participação na vitrine da Atlas. Destaque para uma caixa com ricos tons de cinza, cor que acolhe e integra ambientes com usos diferenciados.

Quarto Rosa - Carolina Nathair
A arquiteta Carolina Nathair investiu na cor rosa que está diretamente ligada à pureza do pensamento.

Quarto Amarelo - Cybele Barbosa
A alegria da cor amarela inspirou a designer de interiores Cybele Barbosa para a produção de um projeto ousado e funcional, ideal para o descanso e relaxamento.

Quarto Azul - Dora Lettieri e Giovanini Lettieri
A dupla Dora Lettieri e Giovanini Lettieri priorizou em seu projeto o conforto aliado ao aspecto lúdico e à cromoterapia. O destaque do ambiente é a corazul presente nas paredes, enxoval e adornos e escolhida por ser calmante e indicada para o relaxamento, a paz e a quietude.

Quarto Vermelho Alaranjado - Fátima Alvim
Tendo como parceiros grandes nomes do segmento, como Gallery Tapetes e Nardim Junior Home, a arquiteta escolheu para seu ambiente overmelho alaranjado, cor quente e profunda para compor com cores neutras e calmantes.

Quarto Amarelo - Studio AZ (Flávia Amorim e Renata Melendez)
As arquitetas do Studio AZ levam o sono e descanso para o nome do ambiente, em uma jogada divertida e moderna: AZZZZZ...... O family room possui proposta de ser um espaço multiuso para receber hóspedes, ouvir música, estudar e ler, tem estética jovial e descontraída inspirada na art pop, optical e no grafite. A cor predominante é a amarela, que socialmente representa amizade.

Quarto Verde - Flávio Werneck e Glory Barreto
A cor verde foi a escolha da dupla que assina um ambiente que tem como essência a mistura dos estilos industrial, clássico e contemporâneo e inspiração nas locações dos filmes em technicolors do final da década de 40 e começo dos anos 50.

Quarto Azul - Gislaine Garonce
O quarto de casal da profissional é inspirado na cor azul e conta com espelhos, cortinas em tecido e roupa de cama da Primavera Enxovais e revestimento da Halldecor.

Quarto Azul Noturno - MAAI Arquitetura
Os tons sóbrios foram os eleitos para compor uma proposta intimista, com destaque para o uso de materiais naturais como a madeira. O projeto do MAAI conta com dois espaços distintos: um quarto para um casal e um quarto de solteiro, ambos com a cor Azul Noturno como protagonista.

Quarto Branco - Renata Dutra
O branco predomina na proposta da profissional. Segundo a cromoterapia, a cor está associada à paz, estimula os sentidos e ainda está ligada à sensação de limpeza. O branco deixa os ambientes leves e tranquilos, por isso é o preferido de quem escolhe a decoração clean.

Quarto Violeta - Roberto Carril
Roberto Carril assina um espaço inspirado em bangalôs dedicados à meditação e relaxamento. O ambiente, emoldurado com espelhos que criam uma perspectiva cênica, é predominantemente branco e possui, de acordo com a cromoterapia, tema da mostra, iluminação planejada violeta.

Quarto Sépia – Susana Salles Brancaglion
Com uma característica bem cosmopolita, o quarto desenvolvido pela arquiteta Susana Salles Brancaglion é ideal para jovens de 20 a 30 anos que gostam de ambientação urbana. Em uma mistura harmônica de cores, a profissional faz uso da cor sépia, de tons avermelhados, laranjas e terras, que remetem às edificações e estruturas metálicas.