quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Outubro Rosa

Prevenção contra o câncer de mama movimenta programação da academia do sudoeste
O Outubro Rosa, mês que chama atenção para a importância da prevenção do Câncer de Mama, sempre merece um olhar especial da Bodytech. Este ano, em Brasília, as ações estão concentradas na Bodytech Sudoeste que, para começar, iluminou sua fachada e enfeitou seu interior com a cor símbolo da campanha.


Simultaneamente, a partir do dia 24, outubro também abrigará a Semana BT + Rosa, com uma série de aulões com as modalidades mais queridas da academia como Ballet Fitness, Kangoo Jump, Muay Thai, Localizada, Ioga, Pilates, corrida e Cycle Indoor. Para começar, uma corrida de revezamento feita em parceria com o clube de corrida de Márcia Rosa. No lugar da inscrição, os participantes doarão sabonetes hidratantes, hidratantes para a pele e protetores solares. Os presentes também serão convidados a participar de um gostoso brunch, onde o grande destaque será o bolo temático assinado pela cake designer Flávia Labecca.

Com o apoio do Grupo Aceditar (especializado em oncologia), as ações foram concebidas em parceria com o Projeto Entretantas, projeto cujo objetivo é mudar a imagem negativa do câncer de mama, com a divulgação de informações relevantes sobre a doença e muita autoestima. Em 2015, o tema do Entretantas é a atividade física: antes, para prevenir e durante e depois do tratamento, como forma de manutenção da saúde física e mental. As doações serão entregues à Rede Feminina de Combate ao Câncer, no dia 31. Na cosião, será oferecido um brunch para encerrar o Outubro Rosa na academia.

PROJETO ENTRETANTAS
Criado pelos publicitários Márcia Flausino e Nick El-Moor e pela fisioterapeuta Tatiana Rodrigues, o Projeto Entretantas tem o objetivo de levar esperança e positividade para portadoras de câncer de mama, familiares, profissionais da área de saúde e público em geral, mostrando que o diagnóstico não é um ponto final, mas o início do processo de tratamento e superação da doença.

Márcia Flausino, ela própria um exemplo de superação do câncer de mama, escolheu a Bodytech para dar continuidade ao projeto graças ao relacionamento que tem com a academia, que, segundo ela, foi fundamental em seu processo de enfrentamento da doença.
“Eu me exercito há 32 anos e minha história com a Bodytech começou quando a academia chegou à cidade. Em 2008, minha mãe teve câncer de pulmão e o meu prazer era ir à academia logo após de sair do hospital, depois de ter passado a noite com ela. Ficava me exercitando na escada por uma hora, na companhia dos meus amigos que, entre um degrau e outro, me davam muita força.

Em 2009 veio meu diagnóstico de câncer de mama e eu decidi continuar malhando, mas em casa, com um personal. Afinal, eu tinha cuidado do meu corpo e saúde a vida inteira e depois do câncer eu iria precisar dele em excelente estado! Após oito meses de tratamento, com 16 sessões de quimioterapia, cirurgia e radioterapia, voltei à academia. O cabelo ainda estava rente à cabeça, mas a acolhida pelos professores foi formidável. Fui atendida pelo Programa CARE (especializado no atendimento há 12 patologias específicas) e o professor Felipe me passou uma série de exercícios de reabilitação. Não tenho sequelas e faço os exercícios até hoje!

Já se passaram seis anos desde o diagnóstico. Hoje, na Academia, faço musculação três vezes por semana. Corro três vezes por semana, no Parque da Cidade. A vida segue. A Body Tech tem tudo que uma mulher em recuperação precisa: pessoal comprometido, atendimento carinhoso, pois é fundamental ser ouvida, acolhida, conhecimento técnico, equipamentos adequados”
, declara Márcia.

Além de Márcia, outras três integrantes do Projeto Entretantas exercitam-se, atualmente, na Bodytech, que cedeu três bolsas para o projeto. São elas:

-Cristiane Oliveira: em 2014, ela fez mastectomia bilateral com reconstrução imediata usando o músculo do reto abdominal. Superou 4 sessões de quimioterapia e faz atividade física regularmente. Na edição anterior do Projeto ENTRETANTAS, foi modelo do calendário no mês de dezembro.

-Solange Costa: em 2013, ela superou 16 sessões de quimioterapia. No ano de 2014, fez mastectomia radical unilateral com esvaziamento axilar na mama esquerda, sem reconstrução. Em seguida, 28 sessões de radioterapia. Estava sedentária, mas já está participando das atividades do ENTRETANTAS 2015, tendo iniciado suas atividades físicas na academia Body Tech no "Programa Care".

-Luciana Cruz: recebeu o diagnóstico aos 24 anos no ano de 2012. Passou por mastectomia radical com esvaziamento axilar total. Foi modelo do calendário do Projeto em 2014.







Serviço:
Bodytech Sudoeste
EQSW 301/302 Lote 3
(61) 3327-2822
www.bodytech.com.br
Brasília-DF