quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Rodrigo Lombardi na GQ Brasil de setembro

Em entrevista à GQ Brasil, o ator conta sobre a sua vida pessoal, planos e o seu papel mais polêmico em dez anos de carreira.
Rodrigo Lombardi, mais conhecido atualmente como RajGrey nas redes sociais (um misto de Raj, seu personagem em Caminho das Índias, e Christian Grey, de Cinquenta Tons de Cinza), é capa da edição de setembro da GQ Brasil (@gqbrasil).

Protagonista de Verdades Secretas, na Globo, Lombardi está fazendo muito sucesso com o poderoso empresário Alex, que se apaixona pela modelo menor de idade Angel, vivida pela atriz Camila Queiroz. 
“O Alex não podia ser um pé-rapado. O poder provoca esse encantamento. E sexo e poder são duas coisas que regem o mundo. Eu pego os capítulos, leio e penso: ‘Que maravilha!’. Todo mundo queria ser o Alex”, afirma Rodrigo.

O papel e a polêmica sobre o book rosa que envolve a novela é o de menos para ele. 
“Às vezes o book rosa é um meio para ganhar um respiro. Ou­tras pessoas ganham dinheiro com ele, fazem conexões im­portantes e constroem algo. Isso choca por conta de prin­cípios morais, de uma culpa católica”, comenta. “É muito mais fácil cuidar do rabo do outro. As pessoas acusam enquanto varrem a própria sujeira para debaixo do tapete.”

Ator desde os 17 anos, Rodrigo estreou na TV Globo em 2005, em Bang Bang. Em seguida, fez cinco novelas com papeis de peso como o de Raj (Caminho das Índias). Apesar da fama de galã, Rodrigo diz que ainda se surpreende com o título. 
“Sou um homem velho (tem 38 anos) e tenho cara de velho. As minhas referências de galãs sempre foram dos atores dos anos 40 e 50.”