segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Forbes Brasil apresenta lista com os 160 bilionários brasileiros

Ranking contempla nomes como Jorge Lemann e Joseph Safra, e prova que a crise não atingiu todos os brasileiros
Wesley Batista

Não é novidade que a crise pesou no bolso de muitos brasileiros. Mas não foi no de todos. Em comemoração ao seu 3º aniversário, a versão brasileira da revista FORBES - a mais conceituada do mundo em economia e negócios, traz, pela quarta vez, a tradicional lista dos bilionários brasileiros, com 160 nomes.

O ranking, que tem como quatro primeiros nomes Jorge Paulo Lemann (com patrimônio de R$ 83,70 bilhões), Joseph Safra (R$ 52,90 bilhões), Marcel Herrmann Telles (R$ 42,26 bilhões) e Carlos Alberto Sicupira (R$ 36,93 bilhões), revela que 80 dos 150 bilionários listados em 2014 tiveram seu patrimônio aumentado ao longo do último ano. O triunvirato formado da AB Inbev, formado por Lemann, Telles e Sicupira, por exemplo, praticamente duplicou desde o ano passado - em especial pelos investimentos fora do país.

A primeira mulher do ranking, Maria Helena Moraes Scripilliti, aparece na 22ª colocação, empatada com Ermírio Pereira de Moraes e Luís Ermírio de Moraes & família, todos com patrimônio de R$ 7,20 bilhões.

E apesar dos nomes conhecidos - a maioria de origem carioca e com idade acima dos 60 anos, a lista ainda apresenta novidades: em 2015, a FORBES traz 15 novos bilionários, além de nove novos nomes oriundos de famílias do último ranking que tiveram seus integrantes desmembrados. Assim, há 24 pessoas que fazem sua primeira incursão no ranking.

Por outro lado, 56 dos endinheirados sofreram erosão em suas fortunas, enquanto outros 11 bilionários de 2014 evaporaram da lista deste ano. Eike Batista, por exemplo, que chegou a ser o sétimo homem mais rico do mundo em 2012 - com fortuna acima dos R$ 30 bilhões, passou longe da lista.

Além do levantamento dos nomes, a revista ainda introduz ao leitor dez pontos que os milionários têm em comum, entre eles foco, capacidade de negociação, determinação, paixão pelo trabalho e espiritualidade.

O levantamento do ranking é feito por meio de uma ampla pesquisa de profissionais especializados. Na primeira edição, quando a revista aportou no país, eram 74 bilionários. Em 2013, foram 124, enquanto em 2014 a lista chegou a 150 nomes.
Confira os 10 primeiros bilionários da lista:

1. Jorge Paulo Lemann
Nascimento; Rio de Janeiro
Idade: 75
Patrimônio (em R$): 83,70 bilhões
Principal origem: Cervejaria/Investimentos

2. Joseph Safra
Naturalidade: Líbano/Nat. Brasileiro
Idade: 76
Patrimônio (em R$): 52,90 bilhões
Principal origem: Setor bancário

3. Marcel Herrmann Telles
Naturalidade: Rio de Janeiro
Idade: 65
Patrimônio (em R$): 42,26 bilhões
Principal origem: Cervejaria/investimentos

4. Carlos Alberto Sicupira
Naturalidade: Rio de Janeiro
Idade: 65
Patrimônio (em R$): 36,93 bilhões
Principal origem: Cervejaria/investimentos

5-7. João Roberto Marinho
Naturalidade: Rio de Janeiro
Idade: 61
Patrimônio (em R$): 23,80 bilhões
Principal origem: Mídia

5-7. José Roberto Marinho
Naturalidade: Rio de Janeiro
Idade: 59
Patrimônio (em R$): 23,80 bilhões
Principal origem: Mídia

5-7. Roberto Irineu Marinho
Naturalidade: Rio de Janeiro
Idade: 67
Patrimônio (em R$): 23,80 bilhões
Principal origem: Mídia

8. Eduardo Saverin
Naturalidade: São Paulo
Idade: 33
Patrimônio (em R$): 17,53 bilhões
Principal origem: Internet

9. Marcelo Bahia Odebrecht & família
Naturalidade: Bahia
Idade: 46
Patrimônio (em R$): 13,10 bilhões
Principal origem: Construção/Petroquímica

10. Abílio dos Santos Diniz
Naturalidade: São Paulo
Idade: 78
Patrimônio (em R$): 12,83 bilhões
Principal origem: Varejo