quarta-feira, 1 de abril de 2015

7 dicas para quem quer fazer cirurgia plástica

Cirurgião plástico dá dicas para quem quer realizar procedimentos da maneira segura
Apesar de uma cirurgia plástica não ser algo corriqueiro, e sim que deve ser planejado com antecedência, milhares de pessoas que se submetem a ela estão correndo riscos, por não terem buscado muitas informações antes de realizarem o processo. O presidente da British Association of Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery (BAPRAS), determinou, através de um levantamento, que uma boa parcela dos pacientes não se informam da maneira adequada antes de realizar um procedimento estético. Após essa constatação, foi lançada uma campanha de conscientização para que o público entenda a importância de contar com um cirurgião plástico qualificado.

Segundo o Dr. Alderson Luiz Pacheco, de Curitiba, é essencial que os pacientes realizem toda a pesquisa possível antes de realizar os procedimentos. 
"Quem deseja se submeter a uma cirurgia plástica não pode ser impulsivo, afinal, se trata de uma vida que é depositada nas mãos de um profissional", disse o médico. Ele listou algumas dicas fundamentais para quem deseja fazer alguma cirurgia, que devem ser seguidas a ricas, para que não haja nenhum tipo de risco à saúde do paciente.

Confira:

1) Certifique-se que o local em que a cirurgia acontecerá é certificado. "É sempre importante garantir que o consultório e a sala de operações estejam dentro das normas", explica o cirurgião;

2) É fundamental que, quem for se submeter a cirurgia, saiba de todos os riscos que está tomando. "Estar seguro de sua decisão é essencial, porém, saber de todos os possíveis riscos e complicações também é", diz Pacheco;

3) Não se decida pelo primeiro médico que você conhecer. É recomendado que o paciente se consulte com, pelo menos, três médicos diferentes, para ouvir mais de uma opinião acerca seu procedimento;

4) Conheça o profissional escolhido por você. "Pergunte a ele sobre sua certificação, experiência, quantos pacientes já entendeu e qual sua especialidade. Responder essas perguntas e deixar o paciente seguro é dever do médico", explica Anderson;

5) Confira se o médico tem especialização em cirurgia plástica e está ligado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP);

6) Peça indicações de amigos que já realizaram cirurgias plásticas, principalmente procedimentos semelhantes ao que você deseja fazer;

7) Converse com seu médico sobre o pós-operatório. "Ao fazer uma escolha, deve-se levar em conta se o profissional escolhido terá disponibilidade para realizar consultas após a operação, e se ele poderá atender o paciente em alguma emergência", finaliza o cirurgião.






Serviço:
Doutor Alderson Luiz Pacheco (CRM-Pr 15715)
Cirurgião Plástico
http://www.alplastica.com
http://www.michelangeloclinica.com.br
http://draldersonluizpacheco.wordpress.com
Email: plastica.pacheco@yahoo.com.br
Fone: (41) 3022-4646 e 4141-4424
Curitiba/PR.