quarta-feira, 11 de março de 2015

Anel de formatura faz sucesso entre graduandos

Tradição volta e traz consigo uma novidade: anéis personalizados 

Hoje as formaturas são comemoradas ao longo do ano todo. Não se tem mais festas só em janeiro ou fevereiro, - elas se estendem durante o ano, afinal, existem cursos que terminam em julho, outros que preferem fazer a festa só após o carnaval, etc. Porém, não há data melhor para falar sobre a graduação do que o dia 24 de março, o qual celebra o dia do estudante. E qual o maior desejo de todo e qualquer estudante? Isso mesmo: o seu diploma, o reconhecimento concreto de que todos aqueles anos investidos em seu estudo valeram à pena.

Porém, além de “ganhar” o diploma, a formatura traz consigo outra tradição que esteve adormecida por um tempo, mas que está voltando com tudo: a tradição de dar um anel de formatura para o formando. Segundo 
Rafael Otto, designer de jóias, o anel de formatura tem um valor simbólico muito grande, pois mostra que um sonho e um objetivo foram conquistados, que desafios foram vencidos e que agora o formando está em outra fase da sua vida.

O designer comenta que o anel de formatura é caracterizado pela cor da pedra e pelo emblema fixado na lateral da jóia, que mudam de acordo com a área de atuação e o curso escolhido. “Apesar de as cores e os emblemas serem diferentes, os anéis de formatura normalmente são fabricados em ouro 18k e possuem brilhantes, mas cada vez existe uma maior liberdade na hora de comprar um anel desses” explica Otto.

Isso acontece porque cada vez são feitas mais jóias personalizadas, e nelas estão incluídas os anéis de formatura. “Hoje, muito por causa do avanço tecnológico, já é possível ver como as peças ficariam quando estivessem prontas, em 3D e tudo mais. Assim, os anéis podem ser feitos com maior precisão e perfeição, fazendo com que o formando receba de presente uma peça exclusiva, feita especialmente para ele comemorar esse momento tão importante”, ressalta o designer.

Uma dica que o profissional oferece é: manter a cor da pedra e o emblema, mas apostar em mudanças sutis, que farão com que o formando saiba que esse é um anel diferente e que nenhuma outra pessoa terá a mesma jóia do que ele. “É possível mudar um pouco o formato da pedra e/ou do anel, apostar em brilhantes, personalizar o emblema – sem mudá-lo, é claro etc. São inúmeras as possibilidades para se criar uma jóia exclusiva”, sugere Otto.

Portanto, se alguém na sua família está prestes a se formar ou se algum amigo próximo está passando por essa fase maravilhosa, que tal deixar um pouco as canetas de lado (afinal, pode ter certeza que ele ganhará várias delas) e presentear essa pessoa com uma jóia personalizada e única?







Rafael Otto
Designer de Joias
Fone: 41 3527-6458 / 9945 1931
Email: rafael.otto.joias@gmail.com​​