terça-feira, 17 de junho de 2014

O frio aumenta a procura por procedimentos estéticos

Mês de junho abre a "temporada de cirurgias plásticas" no país,
O verão ainda está longe, mas a procura pelos corpos esculturais da estação começa assim que o tempo esfria – e os planos são finalmente colocados em prática. Isso vale principalmente quando o assunto é cirurgia plástica – prova disso são os números divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que mostra que entre os meses de junho, julho e agosto, os consultórios médicos registram um movimento 50% maior do que o observado no resto do ano.
“O clima mais frio é o período mais indicado para as pessoas realizarem procedimentos cirúrgicos. Isso porque durante esse tempo as pessoas passam mais tempo dentro de casa, sem expor o corpo ao sol, fator que pode prejudicar o período pós operatório”, explica o Dr. Alderson Luiz Pacheco, cirurgião plástico da Clínica Michelangelo, de Curitiba – PR.

Além disso, a temperatura mais amena faz com que o inchaço diminua mais rapidamente,
“e para aqueles que tem filhos pequenos, esse período normalmente coincide com as férias escolares, portanto, é o ideal para a realização de cirurgias que precisam de um maior período de repouso ou recuperação. Digo isso porque durante alguns dias o paciente não poderá realizar algumas funções do cotidiano – como dirigir ou pegar o filho no colo, dependendo do procedimento que foi feito”, comenta o especialista.

Outro fator que leva as pessoas a procurarem as cirurgias plásticas nessa época do ano é que cirurgias nos seios, abdômen e lipoaspiração, por exemplo, exigem o uso de cintas grossas durante dias ou até mesmo meses, o que pode incomodar nos dias quentes de verão, fazendo o paciente suar e se sentir mal.

O médico explica que o inverno também é uma boa época para as cirurgias por ter menos incisão solar. 
“O sol é um dos maiores inimigos no período pós-operatório, pois ele pode deixar manchas e cicatrizes, ao mesmo tempo em que o calor dilata os vasos sanguíneos e causa mais inchaço à pele”, exalta.

As cirurgias mais procuradas nessa estação são as de corpo, porém, aquelas que envolvem a face também continuam sendo bastante solicitadas. Segundo o especialista, a lipoaspiração, as cirurgias para próteses de silicone nos seios, a plástica de rejuvenescimento facial e a plástica de pálpebras estão entre as que possuem mais procura.

Porém, antes de realizar um procedimento cirúrgico, é preciso pensar bem e consultar um bom médico, que seja capaz de oferecer as melhores orientações e tirar todas as dúvidas do paciente, para que, depois do procedimento realizado, não exista nenhum arrependimento ou problema imprevisto. 
“As cirurgias plásticas fazem bem para o paciente quando tanto ele quanto o médico estão em sintonia e entendem qual é o objetivo da pessoa ao realizar o procedimento – assim como qual será o resultado atingido, sem fantasiar ou criar expectativas falsas. É papel do médico analisar e apontar os prós e contras da operação e se a pessoa está realmente pronta para realizá-la”, conclui Pacheco.


Doutor Alderson Luiz Pacheco (CRM-Pr 15715)
Rua Augusto Stellfed, 2.176, Champanhat
Cirurgião Plástico
http://www.alplastica.com
http://www.michelangeloclinica.com.br
http://draldersonluizpacheco.wordpress.com
plastica.pacheco@yahoo.com.br
(41) 3022-4646 e 4141-4424
Curitiba/PR.