segunda-feira, 19 de maio de 2014

Edital Nacional Natura Musical prorroga inscrições até 23 de maio

Produtores culturais, autores, companhias e aristas têm mais uma semana para concorrer ao Edital Nacional 2014 do Natura Musical. O prazo para as inscrições foi prorrogado até 23 de maio (sexta-feira) e os interessados podem se inscrever pelo site www.naturamusical.com.br. Criado há nove anos, o Programa é uma das principais iniciativas de fomento à cultura musical brasileira e disponibilizará ao todo 2 milhões de reais para projetos que tenham esse foco, divididos em três modalidades: formação e legado, lançamento de novos trabalhos e conteúdos e novos formatos.
Além do edital nacional, o programa realiza em 2014 editais em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Pará. Juntos, eles vão destinar 6,4 milhões para projetos de diferentes formatos, em acordo com as Leis Rouanet e do Audiovisual, em nível nacional, e a Lei do ICMS nos Estados.

Com mais de 220 projetos e 1000 produtos culturais patrocinados, entre CDs, DVDs, shows, livros, pesquisas, documentários, exposições, acervos, entre outros, impactando um público de um milhão de pessoas desde 2005, o programa ocupa hoje posição única no mercado musical brasileiro como fonte de recursos para a viabilização de projetos em várias plataformas e mantém uma ativa plataforma digital, com downloads gratuitos e webrádio.

Perfil do programa

O Natura Musical apoia iniciativas culturais de diversas áreas artísticas que tenham a música brasileira como foco em três vertentes de atuação: projetos emblemáticos de ícones da música brasileira, que representam marcos de carreira para os artistas, com grande potencial de reverberação com o público; trabalhos inéditos de novos artistas que despertam interesse da crítica e do público, com potencial para elevar suas carreiras a um novo patamar no curto prazo com o apoio do Natura Musical, e iniciativas voltadas para a preservação e difusão de conteúdos de música de raiz, regional, folclórica, de caráter histórico ou antropológico, e ainda projetos de valorização da cultura regional e de formação de novos músicos.

Neste ano o Natura Musical está oferecendo uma nova modalidade de patrocínio dedicada a projetos de difusão. É possível inscrever projetos nos seguintes formatos:

· Lançamento de novos trabalhos: projetos inéditos de CDs, DVDs e vinis, com turnês de pequeno, médio e grande porte,

· Formação, documentação e legado: projetos de formação musical, formação de público, documentação e/ou preservação da música brasileira

· Conteúdo e Novos Formatos: projetos de difusão da música brasileira por meio de clipes, programas para web, conteúdos para TV, aplicativos, áudio, podcasts, blogs, etc

Todos os projetos, exceto os inscritos na modalidade Conteúdo e Novos Formatos, devem, necessariamente, prever a produção e entrega de um produto cultural físico inédito (CDs, DVDs, livros, coletâneas, catálogos de exposições ou programações, por exemplo), com tiragens a partir de 1.000 unidades. Na categoria de Conteúdo e Novos Formatos a veiculação e disponibilização do conteúdo no portal Natura Musical é obrigatória.

Para a seleção de um projeto, um pré-requisito eliminatório é a adequação ao conceito Natura Musical, que considera a valorização da música que tem origem na essência da brasilidade, mas que dialoga com os sons do mundo. Após o filtro inicial, são considerados nove critérios, classificados de acordo com a importância: excelência artística, relevância cultural e visibilidade figuram no peso 3; potencial de mobilização, inovação e democratização do acesso são peso 2; Abrangência, Viabilidade e relação custo-benefício são considerados peso 1.

O processo de avaliação contempla uma análise técnica conduzida por uma consultoria externa especializada. Todos os projetos inscritos serão analisados quanto ao conteúdo e o cumprimento dos requisitos mínimos estabelecidos no regulamento e, em seguida, pontuados de acordo com os critérios do edital. Na segunda etapa, as propostas válidas serão analisadas por uma comissão de especialistas formada por críticos, produtores, curadores, da área musical e cultural, que, de forma independente, serão os responsáveis por recomendar os projetos para a escolha final, a cargo de uma comissão de executivos da Natura.

No edital nacional, a partir da escolha final dos projetos, a Natura encaminhará ao Ministério da Cultura os selecionados que não possuírem inscrição ou aprovação na Lei Rouanet ou Audiovisual, para inscrição, avaliação e habilitação dos projetos para recebimento do incentivo fiscal. Após a decisão do MinC, os projetos são contratados e o resultado é divulgado até dezembro de 2014. Para os editais regionais, os projetos deverão se habilitar para patrocínio junto às leis de incentivo estaduais: PROAC (SP), Pró-Cultura (RS), Leic (MG), Faz Cultura (BA) e Semear (PA).

A música tem uma relação direta com os valores e com o propósito da Natura de valorização cultural da identidade brasileira. Ela é uma experiência que representa a razão de ser da empresa, o “Bem-Estar Bem”, porque traduz a relação prazerosa do indivíduo consigo mesmo e com o mundo. “O Natura Musical é um veículo de conexão com o nosso público. Por meio da sensorialidade e sinestesia, construímos vínculo, despertamos memórias afetivas, conquistamos um diálogo efetivo e transmitimos valores fundamentais para a Natura, como a brasilidade e o cuidado com as relações”, explica Fernanda Paiva, gerente de Apoios e Patrocínios da Natura.

Como, quando e onde se inscrever

Os interessados em participar do edital nacional 2014 devem acessar o portal www.naturamusical.com.br. Lá o proponente encontrará o regulamento do edital na íntegra, além do direcionamento para o formulário eletrônico e planilha orçamentária. As inscrições são gratuitas.

Os editais Natura Musical são voltados para pessoas físicas e jurídicas, produtores, promotores, companhias e outras instituições que desenvolvam atividades artísticas e culturais. Os proponentes do edital nacional não precisam ter o registro prévio no Programa Nacional de Apoio à Cultura (PRONAC) ou estarem aptos à captação de recursos por meio da Lei Rouanet ou da Lei do Audiovisual. Após o processo, os selecionados receberão uma carta de intenção de patrocínio da Natura para se adequarem às exigências do Ministério da Cultura. O mesmo processo é válido para os editais do Rio Grande do Sul (Pró-Cultura), São Paulo (PROAC) e Bahia (Faz Cultura). Para os demais editais regionais é necessária a aprovação prévia dos projetos pelas leis de incentivo estaduais: Leic (MG) e Semear (PA).

SOBRE A NATURA
Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira que fabrica cosméticos e produtos de higiene e beleza. É líder no setor de venda direta no Brasil e registrou R$ 7 bilhões de receita líquida em 2013. Possui 30 linhas de produtos, sete mil colaboradores, 1,6 milhão de consultoras e operações na Argentina, Bolívia, Chile, México, Peru, Colômbia e França. A estrutura da Natura é composta por fábricas em Cajamar (SP) e Benevides (PA), oito centros de distribuição no Brasil, além de centros de Pesquisa e Tecnologia em São Paulo (SP), Manaus (AM) e Nova Iorque (EUA). Em dezembro de 2012, a empresa adquiriu de 65% da fabricante australiana de cosméticos australiana Aesop, a qual atua em países da Oceania, Ásia, Europa e América do Norte. Para mais informações sobre a Natura, visite www.natura.com.br e confira nossos perfis nas redes sociais:

https://www.youtube.com/user/naturabemestarbem
https://www.facebook.com/natura.br
https://twitter.com/naturanet




EDITAIS NATURA MUSICAL
Inscrições: www.naturamusical.com.br
Atendimento aos proponentes: 11 3060-3139 ou e-mail
edital@naturamusical.com.br
O serviço funciona de segunda à sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h.
Prazo de inscrições para o edital nacional e os editais regionais:
Edital Nacional – até dia 23 de maio
Edital Rio Grande do Sul – até 23 de maio
Edital Bahia – até 30 de maio
Edital São Paulo – até 6 de junho
Edital Minas Gerais – 22 de julho a 15 de agosto
Edital Pará – 5 a 29 de agosto
Divulgação dos selecionados: até dezembro de 2014