sexta-feira, 30 de maio de 2014

Barbara Bela | Inverno 2014

Evoluir e ao mesmo tempo utilizar conceitos já estabelecidos é a ideia central para o inverno da Barbara Bela. Revisitando o passado para a coleção 2014 a marca resgatou o luxo de uma época não tão distante aliados à essência da contemporaneidade. O resultado é a transformação da urgência das grandes cidades em algo delicado e elegante, com muitos tecidos e bordados metalizados, além de misturas de estampas e padronagens.

Riqueza de formas e desenhos elaborados imprimem o encontro do suntuoso com o moderno.


Em modelagens sensuais como o sereia, os vestidos ganham recortes eométricos inspirados na arquitetura das cidades. Transparências estrategicamente localizadas em saias e decotes também estão presentes.
O romantismo e o charme das saias rodadas dão vida aos vestidos curtos. Arabescos e flores delicadas decoram as peças.

Sempre presentes, o cetim, o crepe e o georgette dão forma à coleção. Tecidos importados exclusivos, como as organzas bordadas com fios de metal e linhas grossas de algodão, evidenciam o caráter luxuoso. Tules e rendas bordadas com linhas e pedrarias garantem os ricos detalhes dos vestidos. Em destaque, temos as rendas italianas e francesas com acabamentos e padronagens diferenciadas: metalizadas, 3D e bicolores.

A cartela de cores vem das matizes vistas no anoitecer da cidade, como sugere o azul em diferentes nuances e efeitos metalizados, tão recorrentes na coleção. Concreto e quartzo conferem sobriedade e elegância, em contraponto aos tons de vermelho e rosa, como o rubi e o granada.

Desenvolvidas pela agência inglesa de design Circleline, as estampas exclusivas representam na coleção o complemento entre o antigo e o moderno. O desenho floral foi criado por meio de linhas como as de uma caneta, nas variações quartzo com safira e ferrugem com safira. A segunda estampa é uma imagem arquitetônica desconstruída, nas cores quartzo e safira.