quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Gazebo comemora uma década com novo cardápio e estrutura

Sem perder as origens, restaurante inova cardápio com influências orientais, francesas e italianas. Marcelo Petrarca é o novo chef da casa.
Comida, natureza e arquitetura, três palavras que podem descrever Brasília com perfeição. No melhor ponto da cidade, às margens do lago Paranoá e com vista privilegiada da ponte JK, o Gazebo reestruturou seu espaço para comemorar seus 10 anos de existência. Entre as novidades, o chef Marcelo Petrarca assume o comando da cozinha, aperfeiçoando e incorporando novos sabores ao cardápio.
A mistura do clássico com o moderno talvez seja o ponto forte do novo Gazebo, que une tendências francesas, italianas e orientais com o melhor da cozinha nacional. “Nunca vamos deixar o jeitinho brasileiro de lado”, afirma Lara Rosa que, juntamente com Délio Cardoso, é responsável pelo sucesso do local.

As novidades do cardápio chamam a atenção pela diversidade de conceitos e sabores. Tradicionalmente pedida em qualquer restaurante ocidental, a batata frita do Gazebo vem com grana padano e azeite de trufa e sai por R$ 30,00 a porção. Outro exemplo é a porção de Mini hambúrgueres de filé mignon com cebola caramelizada que sai por R$ 26,00, quatro unidades. Da cozinha oriental, o Edamame, comida típica do Japão, Havaí e China, consiste no cozimento do grão de soja ainda na vagem, e custa R$ 19,00.

A influência da cozinha oriental no cardápio da casa se estende também nos pratos principais. Muito consumido no Japão, o Udon é uma espécie de massa parecida com um macarrão, bem diferente do tipo italiano. Na receita da casa, ele é servido com legumes tostados e filet mignon, e sai a R$ 42,00.
“A ideia é fazer comida boa, de qualidade, num ambiente aconchegante e que propicie bons momentos aos clientes”, afirma Marcelo Petrarca. O novo chef acredita que os pratos que mais podem cair no gosto do brasiliense são o Magret de cainard com mousseline de banana da terra, por R$ 69,00, e o Robalo grelhado com fondue de queijo brie e tomates assados que sai por R$ 67,00.

O primeiro trata-se do filé de peito de pato, grelhado no azeite e molho rotti, a base de vinho tinto, acompanhado de um delicado purê de banana da terra. O segundo é o filé do peixe grelhado e finalizado no forno com fondue de queijo brie bem concentrado e com tomates assados.

Para finalizar, uma deliciosa porção de Harumaki de Banana em Calda de Maracujá, por R$ 21,00.

Ambiente
Durante 10 anos, o Gazebo funcionou na residência de seus proprietários e conquistou o público pelo ambiente requintado, reservado e clima caseiro. O novo local apresenta todos estes ingredientes graças ao talento do arquiteto George Zardo, que idealizou a obra.

A qualidade do ambiente já fica nítida observando a fachada, ficando difícil de apontar em que ponto o rústico termina e o moderno se inicia. A mescla entre o oriental e ocidental também não se limita a cozinha, mas em toda sua decoração interna.

O convidativo térreo do restaurante chama os clientes para entrarem no jogo de sedução que desperta os sentidos de cada um. Visão, paladar, tato e audição. Por falar nisso, ao entrar o cliente se depara com um som mais animado comandado pelo DJ Ronaldo Rodrigues, que se apresenta de quinta à sábado, a partir das 19h. No primeiro andar, a música ambiente chama mais atenção daqueles que querem um local mais sossegado. Além disso, o andar apresenta uma das mais belas vistas da cidade com a paisagem da Ponte JK sobre o Lago Paranoá.

Já o segundo andar conta com um espaço para confraternizações e reuniões de negócios.


Serviço:
Restaurante Gazebo
Setor de Clubes Sul, Beira Lago, Trecho 2, loja 39
Horário de Funcionamento: Terça à Sábado, das 12h às 15h e das 19h às 23:30. Domingo somente das 12h às 15h.
(61) 3225-1717 / 8123-9273
Brasília-DF