terça-feira, 20 de agosto de 2013

Ron CarteTrio em apresentação únicaem Brasília

Lenda do jazz mundial, contrabaixista norte-americano faz show no dia 26 de setembro (quinta-feira), às 20h, no Teatro Oi Brasília. Ingressos com desconto estão à venda até 31 de agosto
O Teatro Oi Brasília receberá no próximo mês uma grande atração internacional do jazz: o lendário contrabaixista norte-americano Ron Carte , que já tocou com Miles Davis, entre muitos outros, e virá acompanhado por seu trio formado por Donald Vega (piano) e Russell Malone (guitarra) para apresentação única em Brasília, dia 26 de setembro (quinta-feira), às 20h.

Os ingressos, ao valor promocional de R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia), estão à venda na bilheteria do teatro (de terça-feira a sábado, das 13h às 19h - mais informações: (61) 3424-7121), pelo site www.teatrooibrasilia.com.br ou na loja da Oi (Shopping Iguatemi). A partir de 1º de setembro custarão R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia). O show conta com o apoio do Hotel Royal Tulip Brasília Alvorada. 

O Ron Carter Trio fará uma pequena turnê pelo Brasil em setembro. Antes de Brasília, irá se apresentar em Belo Horizonte (dia 23, no Teatro Bradesco) e São Paulo (24 e 25/9, no Tom Jazz). Depois, seguirá para o Rio de Janeiro (27 e 28/9, no Miranda).


Sobre Ron Carter
Nascido na cidade de Ferndale, estado de Michigan (EUA), mas criado musicalmente em Detroit e, depois, em Nova York, o contrabaixista Ron Carter, 76 anos, já está na estrada desde 1960 acumulando mais de 2.500 álbuns no currículo e um prêmio Grammy - conquistado em 1988 pela composição instrumental do filme Round midnight ("Por volta da meia-noite"). Além da honra de já ter gravado com várias lendas do jazz, blues, soul, r&B e do hip hop, tais como Miles Davis, James Brown, Gil Evans, B.B King, Chet Baker, Gato Barbieri, George Benson, Donald Byrd, Harry Connick Jr., Chick Corea, Eric Dolphy, Lena Horne, Roberta Flack, Stan Getz, Herbie Hancock, Joe Henderson, Freddie Hubbard, Quincy Jones, Wes Montgomery, Gil Scott-Heron, Wayne Shorter, McCoy Tyner, Groover Washington Jr. e A Tribe Called Quest, entre outros. E também ao lado dos brasileiros Tom Jobim, Astrud Gilberto, Hermeto Pascoal, Airto Moreira e Rosa Passos.

Como líder de sua banda, ele já registrou quase 40 álbuns, sendo o mais recente, Ron Carter´s Great Big Band, de 2011. Mas ficou notório por fazer parte da segunda formação do lendário quinteto de Miles Davis, entre 1963 e 1968, tocando ao lado de outras "feras" como Herbie Hancock (piano), Tony Williams (bateria), George Coleman (sax tenor) e Wayne Shorter (saxofone). Nos anos 1970 ainda foi integrante do New York Jazz Quartet e, mais recentemente, também fez parte do combo Classical Jazz Quartet. Usando sons de gongo e glissandos, ele está entre os poucos baixistas do mundo que continuam a tocar o instrumento acústico quando muitos passaram para o elétrico.

Além de exímio músico e compositor, Ron Carter também foi professor por 18 anos do departamento de música da City College, de Nova York. Recebeu o título de "doutor honorário" da New England Conservatory of Music e da Manhattan School of Music e, em 2002, o prêmio Hutchinson da Eastman School da Universidade de Rochester. Em 2005, foi a vez da famosa Berklee College of Music, de Boston, homenageá-lo. Em 2008, passou a dar aulas de contrabaixo na Juilliard School, de Nova York. Além disso, tem trabalhado com a Jazz Foundation com o objetivo de ajudar os músicos de jazz e blues mais idosos, inclusive os que sobreviveram à catástrofe do furacão Katrina, que devastou a cidade de Nova Orleans em 2005. Recentemente, ganhou do governo francês a medalha e o título de Comandante da Ordem das Artes e Letras. No ano passado, foi eleito para o Down Beat Jazz Hall of Fame, o "Hall da Fama" dos músicos de jazz.

No cinema, Ron Carter fez participação no filme Kansas City (1996), do diretor Robert Altman, onde aparece tocando, num dueto com o amigo baixista Christian McBride, a canção Solitude. Esteve presente também num episódio do seriado Treme, da HBO, intitulado What Is New Orleans. Em 2008, foi publicada sua biografia oficial, Ron Carter: Finding the Right Notes, escrita por Dan Ouellette.




Ingressos:
Até 31 de agosto - R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia)
A partir de 1º de setembro - R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia)
Pontos de venda: Bilheteria do Teatro Oi Brasília (terça a sábado, das 13h às 19h), loja da Oi (shopping Iguatemi) ou pelo site www.teatrooibrasilia.com.br
Mais informações: (61) 3424-7121 (bilheteria do teatro)
Classificação indicativa: 16 anos


Serviço:
Ron Carter Trio
Dia 26 de setembro (quinta-feira), às 20h

Teatro Oi Brasília
Complexo Golden Tulip Brasília Alvorada
SHTN Trecho 1, Conj. 1B, Bloco C
Vizinho ao Palácio da Alvorada
(61) 3424-7121
www.teatrooibrasilia.com.br
Brasília - DF