segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Vinhos para o Natal no verão brasileiro


Natal no Brasil é época de sol quente e calor. E quem disse que vinho não pode ser degustado no verão? Muito associado ao frio, a bebida vem ganhando espaço nas gôndolas e reafirmando-se como uma opção sempre presente na mesa do brasileiro. Pesquisa da Abras mostrou que a categoria foi a que mais cresceu em vendas no varejo durante 2011: 34,9% em relação a 2010. Portanto, nada mais justo do que colocá-lo à mesa também nas festas de fim-de-ano, principalmente no Natal, época em que é tão tradicional no mundo todo.


“É preciso desmistificar a ideia de que vinho só é servido no frio”, afirma Carlos Cabral, enófilo e consultor de vinhos do Pão de Açúcar. Levemente refrigerados e servidos em diferentes harmonizações – inclusive com opções levíssimas, como saladas – o especialista dá dicas para não errar neste Natal. A primeira delas é quanto a temperatura correta: “Os tintos devem ser servidos entre, aproximadamente, 15º e 18º. Já os brancos entre cerca de 10º e 12º. Basta colocá-los meia hora na porta da geladeira ou em um balde de gelo”.

Uma boa pedida são os espumantes nacionais. Leves, harmonizam com saladas e podem ser consumidos nos mais diferentes momentos, como um almoço jantar de confraternização da empresa. “O espumante tem também benefícios à saúde. Consumido moderadamente, estimula o apetite e melhora a digestão em razão da presença do gás carbônico, magnésio e potássio”, explica Cabral.

Os tintos, considerados erroneamente como o inverso do verão, também são excelentes dicas para o Natal desde que sejam leves – como o  Pinot Noir, e os Vinhos Verdes tintos. E, claro, os vinhos brancos, que geralmente roubam a cena quando as temperaturas sobem, justamente por serem tradicionalmente mais refrescantes.

Os especialistas do Pão de Açúcar indicam alguns rótulos para serem degustados neste verão:


  • Vinho Nacional Club des Sommeliers Merlot (EXCLUSIVIDADE PÃO DE AÇÚCAR R$ 20,22)
“É um tinto encorpado que acompanha muito bem carne bovina e suína, massas com molho vermelho e queijos de massa dura. Ideal para ser servido com uma tábua de frios e embutidos, por exemplo” (Carlos Cabral)

  • Marraso Reserva Malbec (R$ 37,34)
“Perfeito para acompanhar carnes defumados, como o clássico churrasco. Trata-se de um vinho frutado, aveludado e de médio corpo” (Ivan Bianchi, consultor de vinhos)

  • Espumante Nacional Brut Rose (R$ 41,90)
“Espumante de frescor e boa acidez. Apresenta aromas cítricos, ótima acidez e perlagem intensa. Ideal para harmonizar com entradas frias, saladas, peixes e frutos do mar” (Carlos Cabral)

  • Vinho Australiano Club des Sommeliers Shiraz (R$ 26,15)
“Leve e frutado, cai muito bem com carnes suínas e aves, a exemplo do pato e da codorna – excelentes pedidas para os dias quentes. Harmoniza também com massas e queijos maturados e de massa dura, como o parmesão” (Ivan Bianchi)

  • Chileno Branco Riesling Reserva Club des Sommeliers (R$ 39,48)
“É um branco de médio corpo, aromático, com ótima acidez e final de boca muito longo. Harmoniza com pratos leves, como entradas frias, saladas, peixes, queijos delicados e massas com molho branco” (Ivan Bianchi)

  • Neozelandês Branco Riesling Marlborough Yealands Way (R$ 51,25)
“A riesling é considerada a rainha das uvas brancas no mundo. Particularmente as cultivadas em Marlborough conseguem preservar todas as características minerais que esta uva tem em seu lugar de origem, ou seja, o Reno (Alemanha). O vinho tem acidez perfeita com retrogosto marcante e alto frescor. É ideal para acompanhar frutos do mar, queijos e frios não condimentados” (Carlos Cabral)

  • Pinot Grigio Reserva Club des Sommeliers (R$ 30,90)
“Vinho branco italiano com varietal originário da região de Friuli, que proporciona uvas de excelente acidez e aroma ligeiramente frutado. Tais características habilitam o vinho a harmonizar com frutos do mar, saladas e entradas em geral. Vai muito bem como aperitivo” (Carlos Cabral).



Serviço:
- SAC Pão de Açúcar: 0800-7-732-732
- Pão de Açúcar Delivery (também comercializa vinhos)