segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Taguatinga Shopping traz companhia francesa para o projeto Criança é Show

Le Plat Du Jour transforma o clássico infantil Chapeuzinho Vermelho numa história inusitada e cheia de detalhes especiais 
Respeitável público, o Taguatinga Shopping apresenta a terceira atração do grande projeto de entretenimento e cultura, Criança é Show, com a Cia Le Plat Du Jour, criada em Paris, no ano de 1992. O espetáculo será gratuito, realizado no dia 23 de setembro de 2012, em área com capacidade para receber até duas mil pessoas, no estacionamento E3A do shopping, com entrada pelo 2º Piso.

Com a produção cultural dos espetáculos por conta da empresa Tato Comunicação e Marketing, a ação Criança é Show recebeu investimento de R$ 500 mil e, somente em 2012, terá capacidade de receber, no total, um público estimado de 10 mil pessoas. A iniciativa é a edição-piloto de um projeto ambicioso cuja ideia é ser continuado em 2013. A superintendente Eliza Ferreira, afirma a importância desse tipo de evento para o público:
“Queremos receber as famílias e entretê-las com o que há de melhor na cultura brasileira, sempre tão rica e variada”. E resume: “É um momento de encontro para dançar, cantar e se divertir com grandes atrações, dessa forma, esperamos contribuir para a democratização desses espetáculos numa região carente deste tipo de iniciativa”.

A magia de Chapeuzinho Vermelho chega ao Taguatinga Shopping - No mundo em que tudo é fantasia, a companhia Le Plat Du Jour traz uma versão divertida e animada do clássico infantil Chapeuzinho Vermelho. A peça, no entanto, vai muito além do conto original. A história começa quando duas palhaças encontram um armário cheio de chapéus e, por meio dessa descoberta, conduzem os espectadores a uma viagem cheia de brincadeiras. Com o decorrer das cenas, surgem inúmeros elementos especiais que tornam a narração ainda mais mágica.

A peça traz coreografias de dança, utilização de instrumentos musicais, canções, mímicas e manipulação de objetos. Todos esses elementos somados aliam-se à linguagem das palhaças, que exploraram e dão vida aos detalhes da saga da menina de chapéu vermelho. O espetáculo surpreende por ter sido desenvolvido não só para crianças, mas, também, para aqueles que as levam ao teatro – os adultos. Pensando nisso, o diretor Fernando Escrish, idealizou uma peça interessante, na qual os crescidinhos também se deliciam com a montagem.

Essa peça conquistou importantes prêmios do universo cênico brasileiro. Sendo o primeiro, o Prêmio APCA 2001, da Associação Paulista de Críticos de Arte, com o Grande Prêmio da Crítica - Melhor Espetáculo Infantil; e o segundo, o Prêmio “Festivale” 2005 São José dos Campos, com Alexandra Golik como Melhor Atriz. Também foi indicado ao Prêmio Coca-Cola Panamco 2001 em quatro categorias.

Sobre a Cia Le Plat du JourA Cia Le Plat du Jour formada por Alexandra Golik e Carla Candiotto, surgiu em Paris no ano de 1992, onde começou a desenvolver uma linguagem cômica física, mais especificamente ligada ao palhaço. Lá atuaram na diversas peças, como “Coup de Chance” (de Jean Henri Blumel) e “As Filhas de Lear” (adaptação da tragédia Rei Lear dir.Gabriel Chamé Buendia).

Carla Candiotto retornou à Europa, onde atuou e criou espetáculos com a Cia Théâtre Sans Frontieres. “Candido” (Voltaire) Prêmio Eletric Award no Festival de Edimburgo, “O Corcunda de Notredame” (Victor Hugo), La Belle et La Bette”, “Le Roi Fou”, “The Day of the Dead” turnê pela Inglaterra, Escócia e França. Em Paris, trabalhou com a Cia Fleur de Peau “Scarlett” e com a Cia Paris 21 ” A Sala n* 6” e “Cem anos de Solidão”.


Alexandra Golik continuou produzindo os espetáculos pela cia. Le Plat du Jour: “Comédias Exemplares”(Miguel de Cervantes), “Filme B” (Le Plat du Jour), “Woyzeck” (Georg Büchner), “Na Selva das Cidades”, (Bertold Brecht), “Um Deus Cruel”, (Alberto Guzik) e “Kilocaloria” (Alexandra Golik).

Carla Candiotto retornou ao Brasil e, junto a Alexandra Golik, retomaram a parceria e hoje têm em seu repertório diversos espetáculos: “As Filhas de Lear”(direção Gabriel Chamé e Roberto Camargo); “Chapeuzinho Vermelho”(dir. Fernando Scrich), Prêmio APCA 2001, melhor espetáculo infantil e participação do Festival Teatrália em Madrid na Espanha; “Os Três Porquinhos” (dir. Alexandre Roit), Prêmio APCA 2003 e Panamco Femsa de Teatro; “Insônia”(de Alexandra Golik dir. Alexandre Roit e Le Plat du Jour); ”Aladim e a Lâmpada Maravilhosa” (criação com a cia Inglesa Théâtre Sans Frontiéres) turnê pela Inglaterra, Escócia, Irlanda, França e China; ”O Poço” (de Alexandra Golik, dir. Sandro Borelli) contemplado com o Prêmio Myrian Muniz de Teatro; “João e Maria” (texto e dir. Le Plat du Jour) indicado para o Prêmio Coca-Cola FEMSA de Teatro 2007, com melhor cenário e melhor texto adaptado; e “Peter Pan e Wendy” (texto Le Plat du Jour, dir. Pedro Pires), com Prêmio APCA 2007 de melhor atriz e indicado ao prêmio Coca-Cola FEMSA de Teatro 2007 com melhor atriz e melhor espetáculo.

Além disso, também criaram números cômicos bastante aplaudidos como “Abracadabra e Sinsalabim”, “Criado e Criatura”, “As Panteras”, “Meyre Moracy” (Alexandra Golik) e “As Irmãs Siamesas”.

Serviço:
Espetáculo “Chapeuzinho Vermelho”
Data: 23/09/12
Local: Estacionamento E3A - entrada pelo 2º Piso do Shopping
Horário: 17h
Capacidade de público: Até 2000 pessoas
Classificação indicativa: Livre
Entrada Gratuita: Conforme disponibilidade do espaço
Informações: (61) 3451-6000
Brasília - DF